Escola Municipal Vereador Curt Alvino Monich

30 de set de 2010

| | |


O Lugar Onde Vivo




Escola Municipal Vereador Curt Alvino Monich
Diretora: Juracy Kamradt
Supervisora: Cláudia Rosengarten Maurício
Título/Tema: O Lugar Onde Vivo
Alunos Envolvidos: 6º Anos B e C.
Professor Responsável: Ivanilde Gucszak Fuchter
Professor de Sala Informatizada: Angelita Mendes Vieira
Período de Realização: Maio a Agosto/2010.

A ideia do Projeto é propor ao educando, escrever sobre a comunidade onde vive, estimulando novas leituras, pesquisas e estudos, proporcionado outro olhar sobre a realidade e uma perspectiva de transformação social e melhoria, partindo de uma análise geral de sua convivência em comunidade.
O objetivo é despertar no educando para a leitura, estimulando o senso crítico na sua formação e desenvolvimento; proporcionar ensino de qualidade, disponibilizando ao educando material adequado e formação direcionada.
A leitura é um processo complexo que compreende várias fases do desenvolvimento, é um processo perceptivo durante o qual o ser humano reconhece símbolos, passando para o conceito intelectual, ou seja, a compreensão das ideias, interpretação e avaliação. CUNHA  (2000, p.18), “inter-relaciona o cotidiano à história, ao comentar sobre as dificuldades encontradas na leitura e conclui que muitos bloqueios par a leitura, devem-se à herança histórica”. Logo, se somos nós os fazedores da história, está em nossas mãos o poder para fazer um novo amanhã.
Outros autores têm se preocupado com esse tema, o que é leitura. Entre eles, destaca-se Maria Helena martins, formada em letras na Universidade do Rio Grande do Sul, doutora na área de literatura. Com o seu conhecimento, ela diz que:

“A leitura de texto não é apenas o conhecimento da língua, é, o conhecimento de várias áreas, inclusive a vida. Quando estabelecemos relações entre experiências e tentamos resolver os problemas que nos apresentam, estamos fazendo leitura, as quais nos habilitam basicamente a ler tudo e qualquer coisa.” (1994, p.17)

O que nos leva a crer, que a criança precisa ser estimulada a exteriorizar o seu conhecimento de mundo, para facilitar essa relação entre leitura e aprendizado.     
Esse projeto teve como ponto de partida o manuseio de textos referentes ao tema (poema), seguindo de uma apropriação de conteúdo – como é a estrutura desse gênero textual – pesquisa, leitura e produção de um poema (acróstico).

Após essa primeira etapa, a realização das oficinas propostas pela OLP – Caderno do Professor e do Aluno. A produção e re-estruturação do texto, “estimulando” o educando a aplicação das características essenciais a esse gênero, adaptando-o ao tema e melhorando a produção textual.
Finalizamos esta etapa em sala de aula, com a escrita do gênero-poema, com o tema “O Lugar Onde Vivo”, ilustrando pontos de referência enaltecidos nas produções textuais (desenhos). 


Já na sala informatizada, os alunos digitaram suas produções e foram   anexados seus desenhos, sendo  digitalizados previamente pela coordenadora da sala informatizada.     

Nessa outra etapa, a coordenadora ficou encarregada de agrupar os poemas com suas ilustrações e criar um livro virtual, num site de criação de livros. Finalizando este projeto, os livros serão postados no blog da escola, da SEC e para a apreciação de todos que participaram desse processo.
O importante a salientar que ao final do projeto, os educandos melhoraram a escrita e desenvolveram o senso crítico sobre situações cotidianas do lugar onde vivem e demonstraram orgulho e satisfação por pertencerem a esta comunidade. Sentiram-se também valorizados por verem seus trabalhos sendo apresentados através de publicação virtual, visto que serão apreciados por todos.


Referências


CUNHA, Olga Maria Alves da, GOMES, Assis Néri Carneiro e ASSUNÇÂO, Jozanes Neris de (org). Vários olhares sobre o mesmo objeto. Cuiabá: Edunic, 2000.
MARTINS, Maria Helena. O que é leitura. 19ª ed. São Paulo: Brasiliense, 1994.
SEC – Viver Joinville. Brasil Designer, 2000.


Primavera


Escola Municipal Vereador Curt Alvino Monich
Diretora: Juracy Kamradt
Supervisora: Silvio Christofolli
Livro de poesias:
Tema: Primavera
Alunos Envolvidos: 5º Ano A.
Professor Responsável: Rosana da Silva Carvalho
Professor de Sala Informatizada: Angelita Mendes Vieira
Período de Realização: Maio a Agosto/2010.

O tema  para a realização dos poemas foi escolhido pelos alunos. A intenção era propor a eles que escrevessem sobre a estação do ano mais bela (primavera), através de leituras, rodas de conversas, propiciando o despertar do que está ao seu redor, no seu cotidiano, a beleza que o faz deslumbrar e querer saber mais e mais.O objetivo é proporcionar ao educando um ensino qualitativo, com recursos adequados para o aprendizado desse gênero textual (poema).
O mundo moderno exige leitores, e o papel do professor é primordial para desenvolver o hábito e o gosto pela leitura. Segundo Cunha (2000, p.20), os pesquisadores da Edunic chegaram a seguinte conclusão:

“Cabe a ele saber aliar o lúdico ao prazer do texto, tornando sociáveis as descobertas individuais, utilizando-se de estratégias que permitam o desenvolvimento da prática da dramatização, de recursos sonoros e visuais e outras formas de expressão, como uma maneira de descobrir, enriquecer, atualizar, inovar e não cair na mesmice da leitura praticada em sala de aula”.

Acreditamos que toda leitura é intertextualizada, isto é, sofre interferências ideológicas, sociais e tantas outras. Conforme a concepção de Bakhtin (2000, p.56), sobre a intertextualidade: “ Tudo que alguém escreve tem um grau de intertextualidade, ou seja, é influenciado por – e depende de – leituras que ocorreram anteriormente”. Através desse diálogo constante, no qual a leitura de uma área de conhecimento, de uma mesma cultura dialogam, às vezes de maneira implícita outras de maneira explícita, as informações devem ser levantadas e compartilhadas, determinando assim o universo cultural (discurso), em que está inserido, pois é fundamental para a compreensão global.
Esse projeto objetivou o conhecimento dos diversos tipos de poemas, onde ficou entendido como é a estrutura desse gênero textual, através de pesquisas, leituras e a criação dos poemas.

Após esta primeira fase, fomos aprimorando, conforme a realização de Oficinas proposta pela OLP, produção e re-estruturação de texto, fazendo com que o educando fosse aplicando as características essenciais desse gênero e por fim, progredindo em sua produção textual. Concluímos com a escrita do gênero-poema com o tema “Primavera”, acompanhado de ilustrações.
Já na sala informatizada, os alunos digitaram suas produções e foram   anexados seus desenhos, sendo  digitalizados previamente pela coordenadora da sala informatizada.  
Nessa outra etapa, a coordenadora ficou encarregada de agrupar os poemas com suas ilustrações e criar um livro virtual, num site de criação de livros. Finalizando este projeto, os livros serão postados no blog da escola, da Secretaria de Educação e Cultura  do município  de Joinville, para a apreciação de todos que participaram desse processo.
O importante a ressaltar que ao final do projeto, os educandos  aprimoraram  a escrita e desenvolveram o senso crítico sobre situações vivenciadas e aprenderam a ter um novo olhar para a natureza, apreciando suas belezas nessa época do ano tão florida e tão encantadora. Sentiram satisfação em  criar os poemas e  também valorizados por verem seus trabalhos sendo apresentados através de publicação virtual, visto que serão apreciados por todos.

Referências
BAKHTIN, Mikhail. Estética da Criação Verbal. São Paulo: Martins Fontes, 2000.
CUNHA, Olga Maria Alves da, GOMES, Assis Néri Carneiro e ASSUNÇÂO, Jozanes Neris de (org). Vários olhares sobre o mesmo objeto. Cuiabá: Edunic, 2000.
SEC – Viver Joinville. Brasil Designer, 2000.

0 comentários: